Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Oferta divina

A Globo recebeu outra proposta da Igreja Universal para exibir programas religiosos na madrugada — desta vez sem valores específicos. Em 2009, uma oferta de 545,3 milhões de reais da Universal chegou à direção da emissora. Neste ano, a Globo novamente rejeitou a proposta. Justificou que a legislação brasileira proíbe a venda de espaços na […]

Por Da Redação - Atualizado em 20 fev 2017, 12h43 - Publicado em 13 ago 2011, 05h01

A Globo recebeu outra proposta da Igreja Universal para exibir programas religiosos na madrugada — desta vez sem valores específicos. Em 2009, uma oferta de 545,3 milhões de reais da Universal chegou à direção da emissora. Neste ano, a Globo novamente rejeitou a proposta. Justificou que a legislação brasileira proíbe a venda de espaços na programação para terceiros. Por que a Universal insiste numa proposta que nunca será aceita? Aparentemente, para usar em sua defesa no processo a que responde sobre a compra superfaturada de horários na Record.

Publicidade