Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O suador de Guedes para desfazer crise causada por fala de Bolsonaro

Ministro precisou gastar um bom tempo ao telefone, nesta semana, para tentar desfazer a crise sobre o 'Brasil quebrado'

Por Robson Bonin Atualizado em 8 jan 2021, 18h10 - Publicado em 10 jan 2021, 14h31

Paulo Guedes precisou gastar um bom tempo ao telefone, nesta semana, para tentar desfazer a crise aberta no noticiário e nas redes por causa da fala de Jair Bolsonaro sobre o “Brasil quebrado”.

Não deixou de ser um teste de articulação para o chefe da Economia, que acabou conseguindo controlar a crise ao associar a fala do presidente ao descalabro fiscal produzido pelos governos do PT na máquina federal.

“O presidente (com a fala dele) estava se referindo ao setor público, à gravidade da nossa situação fiscal. O setor público quebrou. Quando entra a turma para arrumar tudo, que somos nós, cai um raio na gente que foi essa pandemia que nos obrigou a gastar mais um monte de dinheiro. O setor público tá quebrado. Essa foi a fala do presidente, que mostra compromisso com o teto de gastos. Por isso que é preciso respeitar o teto. Não tem razão para pânico nem tumulto nessa fala”, diz Guedes ao Radar na terça.

Publicidade