Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Gabriel Mascarenhas (interino) Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O que pensa Palocci sobre as críticas ao seu acordo de delação

Ex-ministro produziu revelações consideradas fracas e sem provas por investigadores da Polícia Federal

Por Robson Bonin Atualizado em 31 ago 2020, 11h02 - Publicado em 31 ago 2020, 10h32

Quem conversou com Antonio Palocci recentemente saiu com a percepção de que o delator anda tranquilo com a situação do seu acordo de delação.

Recentemente, a mesma Polícia Federal que lhe concedeu o acordo produziu um relatório destruindo com a qualidade das provas e das confissões feitas por Palocci.

Para interlocutores do ex-ministro, se alguns anexos se revelaram um fracasso, outros andaram bem, o que poderia garantir o futuro livre de riscos do ex-ministro. A conferir.

ASSINE VEJA

A esperança dos novatos na bolsa Leia nesta edição: a multidão de calouros no mercado de ações, a ‘lista negra’ de Bolsonaro e as fraudes na pandemia
Clique e Assine
Publicidade