Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O problema é outro

O problema de Eduardo Cunha é com Dilma Rousseff e seu governo, não com o líder do Planalto na Câmara, Arlindo Chinaglia. Cunha anda rindo da especulação de que estaria brigado com Chinaglia, depois que a bancada peemedebista anunciou que se manterá independente nas votações em plenário. Eduardo Cunha explica e aproveita para deixar claro […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 04h28 - Publicado em 11 fev 2014, 11h32
Requerimento de referência

Requerimento de referência

O problema de Eduardo Cunha é com Dilma Rousseff e seu governo, não com o líder do Planalto na Câmara, Arlindo Chinaglia. Cunha anda rindo da especulação de que estaria brigado com Chinaglia, depois que a bancada peemedebista anunciou que se manterá independente nas votações em plenário.

Eduardo Cunha explica e aproveita para deixar claro com quem, de fato, tem suas ressalvas:

– Prefiro mil vezes lidar com o Chinaglia do que com o José Guimarães (líder do PT). Nada contra o Guimarães, mas o Chinaglia é muito mais firme, não tergiversa.

Continua após a publicidade

Publicidade