Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O ‘presente’ humilhante de Bolsonaro para Regina Duarte

Secretária da Cultura não consegue sequer comandar a própria equipe no governo Bolsonaro

Por Robson Bonin - Atualizado em 5 Maio 2020, 07h11 - Publicado em 5 Maio 2020, 06h35

Regina Duarte vive uma agonia sem fim no governo de Jair Bolsonaro. Sem autonomia para montar a própria equipe nem autorização para demitir os olavetes que atacam seu trabalho diariamente nas redes, a atriz viu nesta semana o Palácio do Planalto devolver ao comando da Fundação Nacional de Arte (Funarte) o maestro Dante Henrique Mantovani.

Trata-se de um seguidor de Olavo de Carvalho que havia sido varrido por Regina da repartição. Ironia das ironias, a nomeação afrontosa saiu publicada no dia em que a atriz completou dois meses no cargo. Que presente, Regina.

ASSINE VEJA

Moro fala a VEJA: ‘Não sou mentiroso’ Em entrevista exclusiva, ex-ministro diz que apresentará provas no STF das acusações contra Bolsonaro. E mais: a pandemia nas favelas e o médico brasileiro na linha de frente contra o coronavírus. Leia nesta edição.
Clique e Assine
Publicidade