Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O prêmio de consolação de Magno Malta

Conselho do Sesi

Por Pedro Carvalho - Atualizado em 19 nov 2019, 14h10 - Publicado em 19 nov 2019, 13h10

Oferecido ao ex-senador Magno Malta, em áudio do pastor Silas Malafaia, a presidência do Conselho do Sesi não passa de um “prêmio de consolação” na administração federal.

O cargo já foi ocupado por Gilberto Carvalho, ex-ministro-chefe da secretaria-geral da Presidência durante o primeiro mandato de Dilma Rousseff, e por João Henrique de Almeida Sousa, ex-ministro dos Transportes, durante o governo Michel Temer.

Com salário de 60 mil reais, não deixa de ser um ótimo “prêmio de consolação”.

Publicidade