Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O prazo de Lula para a definição do cenário eleitoral em Pernambuco

O ex-presidente cobrou uma definição rápida do governador Paulo Câmara durante encontro no último domingo

Por Gustavo Maia Atualizado em 8 out 2021, 13h28 - Publicado em 11 out 2021, 09h31

Na tentativa de acerto de Lula com o PSB, Pernambuco é, como sempre, uma peça-chave. No encontro que teve no domingo passado com Paulo Câmara, o petista pediu uma definição sobre a disputa no Estado até o fim desse mês.

O governador decidiu que quer a vaga do Senado, como mostrou o Radar no fim de agosto. Nesse cenário, o PT cobraria o Governo. E o senador Humberto Costa seria o nome de Lula, com o eventual apoio dos pessebistas. Só falta combinar com os socialistas.

No Estado, as chances de o PSB abdicar da disputa ao Palácio do Campo das Princesas após quatro eleições vitoriosas é vista com muita desconfiança, para dizer o mínimo. Mas Lula e Humberto Costa têm demonstrado entusiasmo com o plano.

Candidata do PT à Prefeitura do Recife no ano passado, a deputada federal Marília Arraes está no banco de reservas, tanto para o governo quanto para o Senado. A ala majoritária do partido em Pernambuco, no entanto, quer que ela puxe votos como candidata à reeleição na Câmara.

Continua após a publicidade
Publicidade