Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O plano do Patriota para conquistar espaço eleitoral em São Paulo

Partido que já ofereceu abrigo a Bolsonaro pretende lançar 3.870 candidatos a vereador e disputar 86 prefeituras paulistas.

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 2 set 2020, 13h41 - Publicado em 2 set 2020, 13h32

Os planos do Diretório Estadual do Patriota em São Paulo são ambiciosos. O partido, que chegou a flertar com Jair Bolsonaro no fim do ano, pretende lançar 3.870 candidatos a vereador no estado e disputar pelo menos 86 prefeituras paulistas.

Entre os maiores municípios em que brigará pela prefeitura estão a capital, onde tentará tirar a reeleição de Bruno Covas lançando Arthur do Val, e Guarulhos, que terá o ex-deputado estadual Gileno Gomes. A lista ainda tem Americana, Piracicaba, Araraquara, Presidente Prudente, Bauru e Ribeirão Preto.

Melhoria na zeladoria dos municípios, uma eterna crítica a Covas, o retorno às aulas e a retomada do emprego serão bandeiras do partido no estado.

ASSINE VEJA

A esperança dos novatos na bolsa Leia nesta edição: a multidão de calouros no mercado de ações, a ‘lista negra’ de Bolsonaro e as fraudes na pandemia
Clique e Assine
Publicidade