Clique e assine com 88% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O passo a passo do encontro com Dilma

Lina Vieira acaba de descrever cada passo de sua ida ao encontro com Dilma: – A Erenice esteve em meu gabinete para marcar esse encontro. Perguntei qual era o assunto e ela não soube precisar. Então, fui ao palácio. Entrei pela garagem e passei pela identificação: tinha um papel com meu nome, passei por um […]

Por Da Redação - Atualizado em 22 fev 2017, 13h44 - Publicado em 18 ago 2009, 13h20

Lina Vieira acaba de descrever cada passo de sua ida ao encontro com Dilma:

– A Erenice esteve em meu gabinete para marcar esse encontro. Perguntei qual era o assunto e ela não soube precisar. Então, fui ao palácio. Entrei pela garagem e passei pela identificação: tinha um papel com meu nome, passei por um detector de metais, subi ao quarto andar e, como não sabia onde era a sala, uma pessoa me pegou no corredor. A Erenice me levou a outra sala, onde tinham mais duas pessoas, uma mulher e um homem. Em seguida, a Erenice me levou a sala da Dilma. Conversamos poucas amenidades no início e ela me pediu para agilizar a fiscalização sobre o filho de Sarney. O encontro não durou mais de dez minutos”.

No entanto, Lina ressaltou:

– Nao me senti pressionada. Mas entendi que era para dar um atendimento célere, para resolver e encerrar a fiscalização. Não preciso de agenda para falar a verdade. Retornei para a Receita e não comentei nada com ninguém. Achei que foi um pedido incabivel, nao tinha necessidade.

Publicidade