Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

CPI quer estimar número de vidas perdidas com atraso do Planalto na vacina

Convocada a depor no Senado, a médica Jurema Werneck deve apresentar quantificade de mortes evitáveis por Covid-19, de responsabilidade de Bolsonaro

Por Gustavo Maia Atualizado em 14 jun 2021, 09h17 - Publicado em 14 jun 2021, 06h29

Marcado para o próximo dia 25, o depoimento da médica Jurema Werneck é aguardado com grande expectativa por senadores da CPI da Pandemia.

É que ela é coordenadora do Movimento Alerta, que consolida dados sobre a pandemia no Brasil, e pode ser a responsável por quantificar as mortes evitáveis por Covid-19, de responsabilidade do presidente Jair Bolsonaro.

Este número é esperado, em especial, pelo relator, Renan Calheiros, que desde o início da CPI passou a exibir a quantidade de brasileiros mortos pela doença na pandemia na sua placa de identificação.

Calheiros, por sinal, foi o autor do requerimento de convocação de Jurema à comissão.

Continua após a publicidade
Publicidade