Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O movimento no STJ para a análise da denúncia contra Witzel

Corte Especial precisa julgar recebimento de denúncia para que processo de impeachment seja destravado

Por Mariana Muniz Atualizado em 18 jan 2021, 08h57 - Publicado em 18 jan 2021, 15h29

No Superior Tribunal de Justiça, é grande a movimentação para que a denúncia contra Wilson Witzel seja analisada logo na volta do recesso, no dia 11 de fevereiro.

A ideia é destravar o processo de impeachment que corre no Tribunal Misto, paralisado desde que o ministro Alexandre de Moraes, do STF, cancelou o depoimento do governador afastado até que a delação do ex-secretário de Saúde se torne pública — o que só ocorrerá após o recebimento da denúncia. 

Publicidade