Clique e assine a partir de 8,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O doleiro, a Rockstar e a Petros

Há pelo menos um nome a ligar as encrencas do doleiro Alberto Yousseff com outro escândalo, a quebra do fundo de Fidc da factoring Trendbank – é a mais do que suspeita Rockstar Marketing. A empresa aparece na planilha, revelada pela última edição de VEJA, fazendo pagamentos milionários a Yousseff  para ter acesso a negócios […]

Por Da Redação - Atualizado em 31 jul 2020, 04h03 - Publicado em 11 abr 2014, 16h02
Dores Yousseff

Mais um escândalo

Há pelo menos um nome a ligar as encrencas do doleiro Alberto Yousseff com outro escândalo, a quebra do fundo de Fidc da factoring Trendbank – é a mais do que suspeita Rockstar Marketing.

A empresa aparece na planilha, revelada pela última edição de VEJA, fazendo pagamentos milionários a Yousseff  para ter acesso a negócios na Petrobras.

E aparece também no caso Trendbank: foi constatado que a Rockstar apresentava duplicatas milionárias por serviços jamais feitos de clientes como Andrade Gutierrez, Triunfo Construtora, Serveng e a concessionária CCR.  (na teoria, o fundo de Fidc da Tredbank serviria para descontar duplicatas de grandes empresas)

A propósito,  como que para fechar um círculo, um dos principais cotistas do Trendbank era a Petros, fundo de pensão dos funcionários da Petrobras. Investiu 23 milhões de reais naquele abacaxi.

Continua após a publicidade
Publicidade