Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O COAF e o fim da farra no mercado de luxo em Brasília

Compras em dinheiro vivo minguaram nas lojas de bacadas de Brasilia

Quem conheceu a farra no “mercado de luxo” de Brasília nos anos petistas defende a atuação do Coaf, ora travada por decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli.

Depois da Lava-Jato, muitas lojas chiques que faturavam no dinheiro vivo com corruptos sumiram da capital por falta de movimento. Como o caso de Sergio Cabral comprovou no Rio, no cartão, são poucos que podem pagar.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Gilton Ferreira Silvério

    COMPRAR COM DINHEIRO OU CARTÃO É COMPRAR COM DINHEIRO REGISTRADO – COMPRAR COM DINHEIRO VIVO, COMPRA ACIMA DE 10 MIL REAIS EM 99,99% DOS CASOS É COMPRAR COM DINHEIRO ILEGAL, DINHEIRO ROUBADO – QUEM COMPRA 10, 20, 100 MIL COM DINHEIRO VIVO, NÃO TEM CONTA BANCÁRIA ? HEIN ?

    Curtir