Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O alívio de Mercadante

Aloizio Mercadante não esconde o alívio hoje. O motivo: o resultado da pesquisa do Ibope, divulgada ontem. Nem tanto pelas prospecções de primeiro turno, que mostraram números bem semelhantes aos do Datafolha, veiculados na semana passada. No confronto com Aécio Neves, segundo o Ibope, Dilma venceria por 41% a 33%. A margem dá alguma folga […]

Por Da Redação - Atualizado em 31 jul 2020, 03h25 - Publicado em 23 jul 2014, 19h22
Mercadante: chefe da Casa Civil de fato

Mercadante: todo contente

Aloizio Mercadante não esconde o alívio hoje. O motivo: o resultado da pesquisa do Ibope, divulgada ontem.

Nem tanto pelas prospecções de primeiro turno, que mostraram números bem semelhantes aos do Datafolha, veiculados na semana passada.

No confronto com Aécio Neves, segundo o Ibope, Dilma venceria por 41% a 33%. A margem dá alguma folga aos petistas em comparação aos dados do Datafolha, que apontaram Dilma com 44% e Aécio, 41%.

Continua após a publicidade

Com quem falou hoje Mercadante comemorou o resultado. Não por acaso. As últimas horas antes de vir a público o último Ibope foram de alta tensão no Palácio do Planalto.

Mercadante e a cúpula da campanha de Dilma temiam uma nova pesquisa mostrando Dilma e Aécio colados num eventual segundo turno.

Publicidade