Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Nos grupos de WhatsApp dos deputados, o tiroteio Baleia-Lira segue

Parlamentares resgatam mensagens de um passado recente e mostram Lira, candidato do Planalto, criticando o governo

Por Evandro Éboli Atualizado em 6 jan 2021, 15h32 - Publicado em 6 jan 2021, 16h20

Em vários grupos de WhatsApp de deputados, seja qual for a preferência do parlamentar na disputa pelo comando da Câmara, circulam piadas, críticas e ataques ao adversário.

Aliados de Baleia Rossi e Rodrigo Maia – seu padrinho político nessa peleja -, por exemplo, lembram de postagens do oponente Arthur Lira.

Candidato do Palácio do Planalto, Lira é lembrado por suas críticas ao governo feitas num passado recente. Como numa crítica do ministro general Heleno ao Congresso.

“Triste observar o completo desconhecimento sobre a nossa Constituição do ministro General Heleno”, postou Lira em fevereiro de 2020.

Em outra publicação, diz o candidato do Centrão que há ministros que “estão dirigindo o carro igual caranguejo. É um olho para cada lado e outro para o retrovisor. Vão acabar dando com a cara no muro”.

Nos grupos circulam também uma foto hoje impensável: Lira e Rodrigo Maia posam juntos, sorrindo. Foi feita dois anos atrás. Os colegas que gostam de jogar lenha postaram essa imagem com críticas humoradas, como “quem te viu, quem te vê” (que, na verdade, vale para os dois) e o refrão famoso do samba de Jorge Aragão “você pagou com traição há quem sempre lhe deu a mão” (também válida para ambos).

 

Continua após a publicidade
Publicidade