Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

No encalço do único foragido

Há cerca de dez dias, a Polícia Federal foi a Catalão, no Sul de Goiás, tentar prender Geovani Pereira da Silva. Apontado como tesoureiro de Carlinhos Cachoeira, Geovani é o único integrante da quadrilha que segue foragido. Sem sucesso na operação, a PF suspeita que Geovani está contando com o auxilio de um membro da […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 08h39 - Publicado em 11 jun 2012, 10h22

Único foragido

Há cerca de dez dias, a Polícia Federal foi a Catalão, no Sul de Goiás, tentar prender Geovani Pereira da Silva. Apontado como tesoureiro de Carlinhos Cachoeira, Geovani é o único integrante da quadrilha que segue foragido.

Sem sucesso na operação, a PF suspeita que Geovani está contando com o auxilio de um membro da Polícia Militar para se esconder da Justiça.

Publicidade