Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

No DF, governador fechou hospital para realizar eventos esportivos

Hospital de campanha que funcionava no Estádio Mané Garrincha deveria operar até fevereiro

Por Robson Bonin Atualizado em 1 mar 2021, 09h44 - Publicado em 1 mar 2021, 10h29

Sem leitos e com UTIs lotadas por causa do avanço da Covid-19, Ibaneis Rocha decretou lockdown no Distrito Federal. Essa situação caótica da rede hospitalar é também consequência de falhas no planejamento do governo.

Em outubro, o governador fechou o hospital de campanha que funcionava no Estádio Mané Garrincha para voltar a promover eventos esportivos no lugar.

A ideia defendida por técnicos na área da saúde era manter o hospital funcionando até fevereiro. Pior: Ibaneis ainda não pagou a conta de 46, 2 milhões da operação.

Publicidade