Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

‘Mundo ficou chocado nas Torres Gêmeas e estamos com 4 mil mortos por dia’

Alexandre de Moraes comparou tragédia da pandemia no Brasil ao votar a favor de decretos que proíbem atividades religiosas

Por Mariana Muniz 8 abr 2021, 16h07

“O mundo ficou chocado quando morreram 3 mil pessoas nas Torres Gêmeas. Nós estamos com 4 mil mortos por dia”, disse o ministro Alexandre de Moraes durante o julgamento no Supremo Tribunal Federal sobre os decretos que proíbem a realização de atividades religiosas durante a pandemia. 

Moraes acompanhou o ministro Gilmar Mendes, relator da ação proposta pelo PSD, que manteve a competência de estados e municípios para adotarem medidas contra a covid-19. Apenas o ministro Nunes Marques, que no sábado liberou cultos e missas, votou até agora contra a possibilidade das restrições.

“Me parece que algumas pessoas não entendem o momento gravíssimo dessa pandemia. As pessoas morrendo sufocadas, uma das mais dolorosas mortes”, disse o ministro Alexandre de Moraes.

Publicidade