Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Com pandemia, 36% das mulheres negras fecharam negócios no setor cultural

Podcast 'Caminhos Intuitivos', lançado nesta quarta, vai abordar temas como os desafios do empreendedorismo no Brasil

Por Laísa Dall'Agnol Atualizado em 24 ago 2021, 18h43 - Publicado em 24 ago 2021, 18h30

Afetado de maneira generalizada pela pandemia de Covid-19, o setor cultural se viu prejudicado, principalmente, entre uma faixa da população — as mulheres negras.

A conclusão é da pesquisa ‘Percepção dos Impactos da Covid-19 nos Setores Culturais e Criativos do Brasil’. De acordo com o levantamento, 36% das afroempreendedoras tiveram de fechar empresas ou interromper seus negócios.

De um modo geral, mostra o Sebrae, as mulheres negras representam 48% dos empreendedores no Brasil, mas apenas 2% conseguem se destacar na área cultural ou acessar recursos públicos como a Lei Rouanet.

Os dados retratam parte dos desafios que serão levantados por Monique Evelle no podcast ‘Caminhos Intuitivos’, da Globoplay, que estreia nesta quarta. Já no primeiro episódio, ela recebe as empresárias Eliane Dias e a cantora Majur.

A proposta do programa é humanizar a conversa sobre empreendedorismo, promovendo a troca de experiências a partir de histórias reais. A cada episódio semanal, a empresária trará dois convidados de diferentes realidades e perspectivas, para debater sobre os desafios de se empreender no país.

Continua após a publicidade
Publicidade