Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

MPF quer saber se Crivella em culto com Bolsonaro viola regras eleitorais

Procuradoria também questiona a presença do juiz da Lava Jato no Rio, Marcelo Bretas

Por Mariana Muniz - Atualizado em 17 fev 2020, 18h03 - Publicado em 17 fev 2020, 18h01

As participações do prefeito do Rio e pré-candidato à reeleição Marcelo Crivella (Republicanos) e do juiz federal Marcelo Bretas, que julga os casos da Lava Jato fluminense, em eventos com Jair Bolsonaro no último sábado levaram a Procuradoria Regional Eleitoral a pedir apuração se cometeram eventual ilícito eleitoral. 

Os dois participaram da inauguração de uma obra viária e de um culto na Praia de Botafogo. O procedimento investigatório foi pedido pela procuradora regional eleitoral, Silvana Batini.

Ela solicitou que o MP/RJ atente para as condutas do prefeito e do juiz, levando em consideração possível uso eleitoral do poder religioso.

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Publicidade