Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

MPF na cola de Pezão

Governador investigado

Por Ernesto Neves Atualizado em 31 jan 2018, 13h19 - Publicado em 31 jan 2018, 12h39

O Ministério Público Federal (MPF) acaba de pedir ao Tribunal Regional Federal da 2ª Região que o processo da Operação Cadeia Velha seja remetida ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).

A medida tem como objetivo investigar possível prática ilícita pelo governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, no episódio da nomeação de conselheiro para o Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ).

Em depoimentos dados ao MPF, Andrea Siqueira Martins, Marcelo Verdini Maia e Rodrigo Melo do Nascimento, conselheiros substitutos que compuseram lista tríplice de candidatos ao TCE-RJ, atribuíram ao deputado Edson Albertassi documento declarando que eles desistiam da vaga aberta pela aposentadoria de Jonas Lopes Júnior.

Até ser preso em novembro, Albertassi ocupava a liderança do governo Pezão na Alerj.

Continua após a publicidade
Publicidade