Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

MP diz que Temer liderava organização que recebeu mais de 1,8 bilhão

Acusação fala em rede de pessoas físicas e jurídicas que trabalharam na lavagem de ativos

Por Mauricio Lima - Atualizado em 30 jul 2020, 19h53 - Publicado em 21 mar 2019, 12h59

No pedido de prisão preventiva do presidente Michel Temer, o Ministério Público diz que, com base nas investigações, a organização criminosa liderada por Michel Temer praticou diversos crimes e angariou cerca de 1,8 bilhão de reais.

Os crimes envolveriam variados órgãos públicos e empresas estatais.

A investigação diz ter identificado também uma série de pessoas físicas e jurídicas que trabalharam na lavagem de ativos de Michel Temer.

Publicidade