Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Mourão escolhe coronel da reserva para comandar comunicação da Vice

Em abril, Sérgio Paulo Muniz Costa assinou nota de desagravo a militares contra ataques da turma de Olavo de Carvalho

Por Robson Bonin - Atualizado em 24 jun 2019, 14h11 - Publicado em 24 jun 2019, 14h06

Depois de acolher conselhos da ala militar do Planalto e fazer ajustes na equipe de comunicação, o vice, Hamilton Mourão, já escolheu o novo chefe da área. Será o coronel Sérgio Paulo Muniz Costa.

Em 26 de abril, o Clube Militar divulgou uma nota de desagravo aos militares que fazem parte do governo, assinada por Muniz Costa. Naquela ocasião, integrantes do Planalto, incluindo o próprio vice, estavam sob forte ataque da turma de Olavo de Carvalho.

“Que sejam essas palavras de desagravo a todas as autoridades que, no fiel desempenho de suas atribuições e animadas do mais elevado patriotismo, vêm sendo alvo de mentiras e intrigas cuja finalidade não é outra senão prejudicar os esforços de recuperação e saneamento nacionais”, diz a nota.

Segundo o texto do coronel, os militares palacianos estavam, naquele momento, sendo “atingidos pela incontinência verbal que, impune, prospera inexplicavelmente em distintas esferas de poder”.

Publicidade

O Clube Militar, que foi comandado por Mourão até tomar posse, também manifestou preocupação com o “acirramento de ânimos por conta de pronunciamentos, atitudes e medidas que conspiram contra o entendimento pelo qual anseia a sociedade brasileira.”

O texto de Muniz Costa também afirma que a República é “equivocadamente tida por vulnerável ao assalto de aventureiros ignorantes mancomunados em uma nova internacional extremista.”

Publicidade