Clique e assine com 88% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Moro enfrenta saia justa com filha de Mantega no Pânico

Humorista questionou ex-juiz sobre prisão e soltura de Guido Mantega na Lava-Jato

Por Robson Bonin - Atualizado em 27 jan 2020, 13h46 - Publicado em 27 jan 2020, 13h42

Bem à vontade na entrevista repleta de piadas e brincadeiras no Pânico nesta segunda, Sergio Moro não escapou de uma saia justa, quando foi questionado por Marina Mantega, que integra o programa, sobre a decisão dele de mandar prender o pai dela, o ex-ministro Guido Mantega, em 2016.

“No dia 22 de setembro de 2016 aconteceu uma coercitiva contra o ex-ministro Guido Mantega. Quando os agentes chegaram na casa dele, descobriram que ele estava no hospital porque a mulher dele estava operando de um câncer terminal. No mesmo dia que o senhor mandou prender o senhor mandou soltar. Por que o senhor mandou soltar”, questionou Marina.

“Foi mais de índole humanitária mesmo. Basicamente é isso. Às vezes, tem decisões que são duras do processo criminal, mas são decisões do processo criminal”, respondeu Moro.

O pessoal do Pânico mudou de assunto na sequência.

Publicidade