Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Moro e ministros do Mercosul assinam acordo contra crimes cibernéticos

Ministros da Justiça dos países do bloco fazem declaração conjunta contra ataques virtuais

Por Mariana Muniz - 7 nov 2019, 12h48

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e os ministros da Justiça dos demais países integrantes do Mercosul acabam de assinar um acordo para o combate de crimes cibernéticos.

No acordo, os ministros declaram que os países devem adotar medidas para que esse tipo de crime tenha melhores tipificações penais e “harmonia legislativa”, sem ferir garantias e direitos fundamentais.

Ainda segundo o documento, firmado em Foz do Iguaçu, o combate aos crimes cibernéticos é uma maneira de enfrentar, também, o crime organizado.

Neste ano, Sérgio Moro e outras autoridades de Brasília  foram alvo de um ataque de hackers por meio do aplicativo Telegram, que resultou na Operação Spoofing, da PF.

Publicidade