Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Moraes deve incluir Bolsonaro no inquérito das fake news

Presidente já é alvo de inquéritos por interferência na Polícia Federal e por suposta prevaricação no caso da compra de vacinas

Por Robson Bonin Atualizado em 4 ago 2021, 10h28 - Publicado em 4 ago 2021, 06h02

Depois de o TSE aprovar na segunda um pedido para que Jair Bolsonaro passe a ser investigado por atacar com mentiras a legitimidade das eleições, o ministro Alexandre de Moraes, que é relator do inquérito das fake news no Supremo, deve oficializar a inclusão do presidente no caso nesta quarta.

Colegas do ministro na Corte avaliam que a investigação contra Bolsonaro é fato consumado, já que o próprio Moraes, como ministro do TSE, aprovou o pedido que agora, ele próprio, irá analisar no Supremo.

LEIA TAMBÉM: Bolsonaro pode se tornar inelegível?

A dúvida na Corte é se o ministro irá ouvir a PGR antes de decidir sobre a inclusão do presidente no inquérito ou se tomará a decisão diretamente sem provocar Augusto Aras.

Bolsonaro já é investigado no inquérito da interferência na Polícia Federal, aberto a partir de acusações de Sergio Moro, e no inquérito da possível prevaricação no caso das vacinas.

Uma série de bolsonaristas já é investigada no caso das fake news justamente por propagar informações falsas contra instituições e o regime democrático.

Continua após a publicidade
Publicidade