Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ministros do TST fazem tour pela Itália

Presidente da Academia Nacional de Direito Desportivo, o ministro do TST Guilherme Caputo Bastos, convidou alguns colegas de corte para participarem do “Jurisports-Roma”, um evento patrocinado pela CBF e que discutirá o “Direito Desportivo e Trabalho – Itália e Brasil, comparando disciplinas”. Para poder se afastar do território nacional, os ministros, que não pediram nem […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 23h11 - Publicado em 23 mar 2016, 15h40
tst

TST: na Itália…

Presidente da Academia Nacional de Direito Desportivo, o ministro do TST Guilherme Caputo Bastos, convidou alguns colegas de corte para participarem do “Jurisports-Roma”, um evento patrocinado pela CBF e que discutirá o “Direito Desportivo e Trabalho – Itália e Brasil, comparando disciplinas”.

Para poder se afastar do território nacional, os ministros, que não pediram nem passagens e nem diárias para o TST, precisaram, no entanto, pedir autorização para a corte.

Como ninguém é de ferro e a Semana Santa está aí, para participar do evento de dois dias, que aconteceu na segunda e terça-feira passadas, o ministro Márcio Eurico Vitral Amaro conseguiu viabilizar seu afastamento entre os dias 19 e 26.

O mesmo período off foi concedido para Alexandre de Souza Agra Belmonte.

Caputo Bastos, por sua vez, conseguiu licença entre os dias 19 e 30 de março e, o presidente da corte e católico fervoroso, Ives Gandra, folgará entre os dias 19 e 28.

No TST, todos dizem que a viagem é de trabalho e que ninguém voltará de Roma com fotos junto ao Papa.

Continua após a publicidade
Publicidade