Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ministro pede aposentadoria ao vivo em sessão do STJ

Anúncio não estava previsto e pegou a todos de surpresa; Saída de ministro abre mais uma indicação para Bolsonaro

Por Mariana Muniz Atualizado em 2 mar 2021, 14h35 - Publicado em 2 mar 2021, 14h21

O ministro do Superior Tribunal de Justiça Nefi Cordeiro, de 57 anos, pediu aposentadoria ao vivo durante a sessão de julgamentos desta terça-feira. “Pensei muito nesta decisão, até por sustos de saúde, vou ficar com a família, vou tomar outro caminho”, disse o ministro.

O pedido pegou a todos de surpresa. Pela lei, Cordeiro poderia ficar no tribunal até completar 75 anos — quando ocorre a aposentadoria compulsória.

A vaga de Cordeiro, que integra a Sexta Turma do STJ, é da cota de ministros que vêm da Justiça Federal. Com o seu pedido de aposentadoria, o tribunal ficará com duas vagas para esse braço do Judiciário.

É que o ministro Napoleão Nunes Maia Filho, aposentado desde dezembro, também ocupava uma vaga da Justiça Federal. O tribunal, portanto, está com duas vagas abertas para escolha de Jair Bolsonaro.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade