Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ministro do STF vê jantar de Maia como possível vetor de contaminação

Na véspera da posse de Fux, presidente da Câmara deu festa de despedida para Dias Toffoli na residência oficial da Câmara

Por Robson Bonin - Atualizado em 17 set 2020, 09h00 - Publicado em 17 set 2020, 08h15

O ministro Luiz Fux assumiu o comando do STF em uma cerimônia marcada pelo rigor nas regras de segurança contra o coronavírus.

A onda de infecções entre integrantes dos três poderes que se seguiu levou muita gente a suspeitar que a posse na Corte tenha operado como vetor de contaminação.

Ministros da Corte ouvidos pelo Radar revelaram insatisfação com esse “julgamento”. Um deles lembra que Rodrigo Maia, um dos infectados, deu um jantar de arromba na residência oficial da Câmara, na véspera da posse, para “meia República”.

De fato, o Radar mostrou na semana passada que a lista de convidados de Maia no jantar de despedida de Dias Toffoli da presidência da Corte foi longa. Além de Maia, outros convidados que passaram pela festa também testaram positivo.

“Dizer que esse povo todo pegou coronavírus porque passou duas horas dentro do plenário do STF, com distanciamento social, é muita irresponsabilidade. Tem que ver o que os convidados fizeram antes”, diz um magistrado.

 

Continua após a publicidade
Publicidade