Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ministro do STF explica silêncio dos colegas sobre falas de Bolsonaro

'O Bolsonaro agora a gente trata como aquele tio bêbado na festa. Não dá para ficar discutindo com ele', disse o magistrado

Por Robson Bonin 13 mar 2020, 09h25

Um ministro do Supremo Tribunal Federal resume de forma pouco simpática o motivo do silêncio dos colegas da Corte diante do novo festival de declarações polêmicas de Jair Bolsonaro nos últimos dias.

“O Bolsonaro agora a gente trata como aquele tio bêbado na festa. Não dá para ficar discutindo com ele”, diz o magistrado, sob a condição do anonimato.

Durante a viagem aos Estados Unidos, Bolsonaro voltou a convocar protestos em plena pandemia do coronavírus, atacou a credibilidade das eleições de 2018 dizendo ter provas de fraude no pleito que ele mesmo venceu e fez chantagem explícita com o Congresso ao falar dizer que o povo não protestaria se deputados e senadores rejeitassem o projeto do orçamento impositivo que tira do governo o poder sobre 15 bilhões de reais

Publicidade