Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ministério Público abre investigação contra motociata de Bolsonaro em SP

Inquérito foi instaurado contra organizadores do evento que reuniu cerca de 12 mil pessoas no último sábado

Por Laísa Dall'Agnol Atualizado em 14 jun 2021, 14h39 - Publicado em 14 jun 2021, 14h30

O Ministério Público de São Paulo instaurou um inquérito civil contra os organizadores da motociata que aconteceu no último sábado, com a presença do presidente Jair Bolsonaro.

O procedimento visa apurar a responsabilidade por descumprimento de medidas sanitárias, como a falta do uso de máscaras e, de acordo com a promotoria, a investigação pode resultar na propositura de uma ação civil pública.

O inquérito foi instaurado pelo promotor de Justiça Arthur Pinto Filho contra Jackson Vilar e demais organizadores e lideranças, que serão posteriormente identificados.

O evento contou com cerca de 12 mil motociclistas e, na ocasião, Bolsonaro, três ministros e seis deputados foram multados em 552 reais por não usarem máscara durante o percurso.

Continua após a publicidade
Publicidade