Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Michelle Bolsonaro convocada à CPI? Não agora, pelo menos…

A primeira-dama foi citada em mensagem do policial militar Luiz Paulo Dominguetti, como revelou o Radar

Por Gustavo Maia Atualizado em 13 jul 2021, 09h56 - Publicado em 13 jul 2021, 06h01

O Radar revelou nesta segunda, com exclusividade, as novas mensagens do celular do policial militar Luiz Paulo Dominguetti que arrastam a primeira-dama Michelle Bolsonaro para a investigação em curso na CPI da Pandemia.

Com a retomada dos trabalhos da comissão nesta terça-feira, o nome da esposa do presidente Jair Bolsonaro deve surgir nos debates pela primeira vez, mas os senadores devem adiar indefinidamente uma eventual convocação de Michelle.

A avaliação da ala majoritária da CPI é que, no momento, não vale a pena levar personagens como a primeira-dama ou o vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente, para o centro das atenções. Não agora, pelo menos.

LEIA TAMBÉM: ‘Reverendo chegou na Presidência’, diz Dominguetti após citar Michelle

Mas a mensagem de Dominguetti surpreendeu os integrantes da comissão, que já detinham as informações do celular do vendedor da Davati Medical Supply desde o dia 1º.

“Michele (sic) está no circuito agora. Junto ao reverendo. Misericórdia”, escreveu o PM no dia 3 de março.

Continua após a publicidade

Publicidade