Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Mercado irregular de combustíveis pode gerar prejuízo de R$ 26 bilhões

Estimativa se refere ao ano de 2021 e consta em estudos realizados pela FGV em parceria com o Instituto Combustível Legal

Por Gustavo Maia Atualizado em 23 jun 2021, 17h15 - Publicado em 23 jun 2021, 18h29

Estudos realizados pela FGV em parceria com o Instituto Combustível Legal estimam que as perdas com o mercado irregular de combustíveis podem atingir 26 bilhões de reais em 2021 em termos nominais, sendo 14,1 bilhões em arrecadação de tributos e 15,6 bilhões em perdas operacionais.

O Brasil hoje é o 10º maior produtor de petróleo do mundo e o segmento representa 4% do PIB nacional, mas os resultados da ilegalidade podem gerar danos irreversíveis para o setor.

Sobre essa questão, a Câmara dos Deputados pode votar nos próximos dias — como prometeu o presidente da Casa, Arthru Lira — o projeto de lei enviado pelo governo Bolsonaro para alterar a cobrança do ICMS sobre os combustíveis. O presidente apresentou a iniciativa diante de ameaças de uma nova greve de caminhoneiros e briga com governadores.

Publicidade