Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

MEC convoca ex-ministro de Lula a prestar contas de convênios

Anderson Adauto foi ministro dos Transportes no primeiro mandato do petista

Por Hugo Marques Atualizado em 28 out 2020, 17h17 - Publicado em 29 out 2020, 13h29

O Ministério da Educação está atrás de ex-prefeitos que não prestaram contas de recursos recebidos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Um dos convocados a dar esclarecimentos é o ex-prefeito de Uberaba (MG) Anderson Adauto. Ele terá de explicar os gastos de dois convênios assinados com o MEC em 2008 e 2010, no segundo mandato de Lula.

Anderson Adauto foi ministro dos Transportes no primeiro mandato de Lula e depois elegeu-se prefeito de Uberaba, no Triângulo Mineiro. Ele foi um dos réus do mensalão e acabou absolvido na Corte beneficiado por um empate no julgamento.

Publicidade