Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Márcio França diz que Bolsonaro é o Babu do ‘BBB’: ‘Acostumado ao paredão’

Ex-governador paulista faz analogia com o programa da Globo para criticar João Doria por investir na briga com o presidente da República

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 18 abr 2020, 11h14 - Publicado em 17 abr 2020, 21h01

O ex-governador Márcio França tem aproveitado o isolamento imposto pelo coronavírus para acompanhar a movimentação do adversário João Doria.

Entre um passeio ou outro pelos canais de TV de sua casa, na Vila Mariana, ele falou ao Radar e criticou o governador de São Paulo fazendo uma curiosa analogia com o programa da Globo.

“A falta de preparo político de Doria fez ele antecipar a briga com Bolsonaro. Bolsonaro é como o Babu do ‘BBB’, está acostumado com ‘paredão’ e o Doria não”, disse França.

Para quem não está acompanhando o reality show, Babu é aquele integrante da casa com imunidade reforçada ao paredão. Sempre que vai, volta.

Na cabeça do socialista, a alusão ao ator e cantor do Morro do Vidigal, recordista de paredões do Big Brother Brasil, é clara: Doria erra ao, na visão de França, antecipar a disputa de 2022.

Para França, o governador deveria ter sido mais cuidadoso ao apostar na briga com Bolsonaro, porque o governo federal é quem produz e decide políticas econômicas e até imprime dinheiro – governos estaduais e municipais, não.

“Vão todos passar por muitos apuros sem uma generosa ajuda federal. Vai restar a ele apostar na saída de Bolsonaro, movimento que, aliás, já começou”, diz França.

Continua após a publicidade

Publicidade