Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Márcia Aguiar pode se preparar que a tranca vem logo ali

Ministros do STJ avaliam que o HC da mulher de Fabrício Queiroz é insustentável, mas teve o efeito positivo de tirar a fugitiva da toca

Por Robson Bonin - Atualizado em 10 jul 2020, 11h37 - Publicado em 10 jul 2020, 11h36

Fabrício Queiroz tem vários anjos, tanto que conseguiu deixar a prisão no ponto mais agudo da investigação que corre contra ele e outras figuras do esquema das rachadinhas no gabinete de Flávio Bolsonaro.

O mesmo não se pode dizer em relação à mulher de Queiroz, Márcia Aguiar, que estava foragida, havia dado várias voltas nos investigadores, e agora ganhará vinte dias de regime domiciliar até ter a prisão novamente decretada. Essa é a previsão de ministros do STJ ouvidos pelo Radar.

O HC de Noronha, aparentemente escandaloso por beneficiar um foragido, terá o efeito indireto de tirar a mulher de Queiroz da toca para, na sequência, ser presa por ordem de outro magistrado, no caso Felix Fischer. A conferir.

Publicidade