Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Marcelo e Emílio Odebrecht brigavam em casa por qualquer coisa

Torciam até para times rivais

O clima na casa dos Odebrecht sempre foi complicado. É o que vai revelar ‘O Príncipe’, biografia não-autorizada de Marcelo Odebrecht, que será lançada no fim deste mês pela editora Astral Cultural.

Muito antes do rompimento público por causa das divergências do que deveria ser dito ou não no primeiro depoimento aos procuradores da Lava Jato, o clima dos Odebrecht já era de tensão e divergência. Até o time pelos quais torciam, pai e filho, era motivo de discussão em casa.

“[…] Desde a adolescência de Marcelo, inúmeras pequenas discussões marcavam o dia a dia de ambos, causadas pelos motivos mais inocentes possíveis. Diferenças de opinião, comportamentos opostos, qualquer coisa virava um motivo para os entreveros. Enquanto Emílio demonstrava simpatia pelo Bahia, por exemplo, Marcelo torcia pelo rival Vitória. ‘Acho que nenhum dos dois realmente liga para futebol. Torcer pelo time rival era mais uma forma de espezinhar o outro mesmo’, diz um amigo da família”.

 
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Será que esse ladrão vagabundo vai contar a história do irmão bastardo que quebrou a rede de supermercados unimar comprada de Paes Mendonça S/A.?
    Quem vai acreditar naquilo que está escrito em livro por vagabundo, ladrão, corrupto?
    Isso não passa de um vagabundo, que usa o nome da família de ladrões, para aparecer.

    Curtir

  2. Rodolfo Wicziok

    Porém concordavam em corromper . Bem conveniente. Vagabundos iguais .

    Curtir

  3. Severino de Araújo Ferreira

    Os amigos do chefão.

    Curtir

  4. Ataíde Jorge de Oliveira

    PRODUTO
    de crime
    Sempre dá problema na HoRaH da DIVI$ãO

    Curtir

  5. Sempre achei que brigas entre pais e filhos fosse coisa de pobre,mas……

    Curtir