Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Maranhão cria rede de acolhimento a pessoas com sequelas da Covid-19

Programa de tratamento psicológico e médico também vai contemplar familiares de vítimas

Por Mariana Muniz Atualizado em 16 abr 2021, 19h22 - Publicado em 16 abr 2021, 18h26

Pacientes com sequelas da Covid-19 vão contar com um sistema de atendimento na saúde estadual. O governador Flávio Dino anunciou, nesta sexta-feira, a implantação de um programa de tratamento psicológico aos pacientes e seus familiares, além de outras especialidades médicas.

O projeto, chamado “Rede Cuidar” vai contar com psicólogos, psiquiatria, cardiologia, nefrologia, endocrinologia, clínica médica, nutrição, fisioterapia, fonoaudiologia e neurologia. Além da capital, São Luís, outras três cidades serão contempladas: Imperatriz, Santa Inês e Presidente Dutra.

O serviço estará disponível a partir da terça-feira (20). Somente em São Luís, a expectativa é atender 2.200 pacientes por mês.

Publicidade