Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Mais uma provação para os presos em Curitiba: frio abaixo de zero

Se já não é fácil a rotina dos presos da Lava-Jato, que só dispõem de no máximo duas horas diárias de banho de sol, a semana promete uma provação extra: a previsão do tempo é de que a temperatura caia abaixo de zero grau em Curitiba três noites. O frio preocupa até mesmo a cúpula […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 22h33 - Publicado em 8 jun 2016, 07h04
Complexo Médico Penal: Lava-Jato e congela ossos

Complexo Médico Penal: Lava-Jato e congela ossos

Se já não é fácil a rotina dos presos da Lava-Jato, que só dispõem de no máximo duas horas diárias de banho de sol, a semana promete uma provação extra: a previsão do tempo é de que a temperatura caia abaixo de zero grau em Curitiba três noites.

O frio preocupa até mesmo a cúpula da Polícia Federal na capital paranaense. Isso porque, com a umidade na carceragem da PF e na Casa de Custódia de São José dos Pinhais, no Complexo Médico-Penal e na carceragem da PF, onde estão os presos, a sensação térmica é ainda mais baixa.

Se a prisão prolongada já era um convite à depressão, enfrentada por alguns, e à delação premiada, o frio deve piorar as condições físicas e psicológicas dos investigados.

Continua após a publicidade

Publicidade