Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Mabel contra-ataca

Sandro Mabel procurou Lúcio Vieira Lima depois das declarações do colega de bancada (Leia mais em: As piadas de Mabel). Lúcio conta que vem recebendo ligações de correligionários dizendo que foram procurados por Mabel, que, na conversa, jurou de pé junto ter o apoio incondicional do Palácio do Planalto. Mabel contra-ataca: disse dar gargalhadas com […]

Por Da Redação - Atualizado em 31 jul 2020, 06h58 - Publicado em 29 jan 2013, 17h28

Resposta ao fogo amigo

Sandro Mabel procurou Lúcio Vieira Lima depois das declarações do colega de bancada (Leia mais em: As piadas de Mabel).

Lúcio conta que vem recebendo ligações de correligionários dizendo que foram procurados por Mabel, que, na conversa, jurou de pé junto ter o apoio incondicional do Palácio do Planalto.

Mabel contra-ataca: disse dar gargalhadas com esse tipo de declaração.

– Falei para o Lúcio que autor de piada sem graça era ele. Isso é absoluto desespero porque sabem que, no voto, não vão ganhar nada. Obviamente, tudo o que o Lúcio disse aí é mentira.

Mabel, claro, nega as versões atribuídas a ele pela turma de Eduardo Cunha e aproveita para afirmar que, embora não venha dizendo que é o preferido do governo, não lhe falta interlocução:

– Vou na casa do (Michel) Temer á hora que eu quero, falo com ele duas, três vezes vezes por semana. O Lúcio não está se dando conta que, a eleição dura um dia. Saiu o resultado, o que vale é: todo mundo é o mesmo partido.

Continua após a publicidade
Publicidade