Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Lula recebe convite de presidente do México, mas vai esperar 2022

Ex-presidente tem focado em costurar apoio nos estados e agora espera terceira dose da vacina para dar continuidade a agenda

Por Laísa Dall'Agnol Atualizado em 10 set 2021, 11h40 - Publicado em 10 set 2021, 10h15

O presidente do México, López Obrador, convidou recentemente o ex-presidente Lula para visitá-lo no México. O petista agradeceu, mas não topou. Ele só vai aceitar esses encontros depois de eleito — e após ser imunizado com a terceira dose da vacina contra a Covid-19.

A espera pela dose de reforço também seria o motivo pelo qual Lula, com os pés em 2022, adiou os encontros para articulação de apoio com lideranças em Minas Gerais, previstos para a próxima semana. Em agosto, o giro do ex-presidente foi pelo Nordeste: Pernambuco, Ceará, Piauí, Rio Grande do Norte e Maranhão estiveram no roteiro.

A secretária nacional de finanças e planejamento do PT, Gleide Andrade, publicou em suas redes na última quinta que conversou com Lula e que a viagem a Minas ficou para outubro. As declarações foram feitas ao portal do jornal O Tempo.

Nos bastidores, tem sido discutida a possibilidade de uma aproximação com o prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil (PSD) — uma aliança com o partido na candidatura ao governo de Minas pode garantir palanque à Lula no estado.

Continua após a publicidade
Publicidade