Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Lula critica Bolsonaro e se solidariza com vítimas da pandemia

Em primeira fala após anulação das condenações, ex-presidente diz que vacina 'não é se tem dinheiro ou não tem dinheiro'

Por Mariana Muniz Atualizado em 10 mar 2021, 12h33 - Publicado em 10 mar 2021, 12h03

Na primeira fala após a decisão do ministro Edson Fachin que anulou suas condenações, o ex-presidente Lula não poupou críticas a Bolsonaro, atacou os “terraplanistas” e se solidarizou com as vítimas do coronavírus.

“Quero prestar minha solidariedade às vítimas do coronavírus, às famílias que perderam entes queridos para a pandemia”, disse o petista em coletiva de imprensa no Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo. “Vacina não é uma questão de se tem dinheiro ou não tem dinheiro, é questão de saber qual é o papel do presidente da República para cuidar de seu povo”.

Lula sobre a pandemia

O ex-presidente criticou a prioridade do governo Bolsonaro em armar a população civil e fez um aceno às forças de segurança.“Quem está precisando de arma são as nossas Forças Armadas. Quem está precisando de arma é a nossa polícia, que muitas vezes sai para combater o crime com um 38 velho enferrujado”, lançou. 

Lula ainda debochou dos chamados terraplanistas que apoiam o atual governo. “Um planeta que é redondo, não é retangular. O Bolsonaro não sabe disso. Ele tem um astronauta no governo”, provocou. 

Continua após a publicidade
Publicidade