Clique e assine a partir de 8,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Liberação dos R$ 200 mensais ainda não saiu, cobra Flávio Dino

Governador do Maranhão cobra agilidade do Ministério da Economia

Por Manoel Schlindwein - 25 mar 2020, 13h29

Dentre as medidas econômicas de enfrentamento ao coronavírus, o ministro Paulo Guedes anunciou a ajuda de R$ 200 mensais aos trabalhadores informais. Até agora o desembolso não saiu, e o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), quer saber quando o governo federal vai começar a liberação.

“A grande lacuna no enfrentamento do coronavírus segue sendo a questão social. Já tem 10 dias que o governo federal anunciou um auxílio de R$ 200, absolutamente insuficiente, e nem isso andou”, disse à coluna.

O problema, segundo o governador, é que, com a implementação “das medidas restritivas para tentar conter o vírus, trabalhadores informais e autônomos já estão sem qualquer renda”.

Flávio Dino afirmou ainda aqui que “o ultraliberalismo econômico sempre foi, e agora mais do que nunca é, absolutamente inadequado à república brasileira”.

Continua após a publicidade
Publicidade