Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Lewandowski encaminha à PGR notícia-crime contra Bolsonaro

Parlamentares do PCdoB pedem ao STF que presidente seja denunciado pela prática de crime comum

Por Mariana Muniz Atualizado em 22 jan 2021, 17h06 - Publicado em 22 jan 2021, 17h01

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), encaminhou à Procuradoria-Geral da República nesta sexta-feira uma notícia-crime oferecida por parlamentares do PCdoB contra Jair Bolsonaro e o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

O encaminhamento foi feito pois apenas o procurador-geral da República, Augusto Aras, pode oferecer denúncia pela prática de crime comum contra o presidente da República e ministro de Estado. Agora, caberá à PGR decidir se há elementos para eventual investigação de ambos.

Na notícia-crime apresentada ao STF, os deputados do PCdoB acusam o presidente e o ministro da Saúde de atuarem pelo agravamento da crise gerada pela pandemia de coronavírus no Amazonas.

De acordo com o partido, o governo federal sabia com antecedência que faltaria oxigênio nos hospitais de Manaus, mas não atuou para evitar mortes.

Continua após a publicidade
Publicidade