Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Lewandowski dá acesso a mensagens da Spoofing a ministros do STJ

O ministro do STF argumentou que o presidente do STJ e os demais ministros da Corte têm "legítimo interesse em conhecer o conteúdo das referidas mensagens"

Por Gustavo Maia, Mariana Muniz 12 abr 2021, 17h03

O ministro Ricardo Lewandowski, do STF, acaba de atender a um pedido do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Humberto Martins, para dar acesso às cópias de novas mensagens apreendidas na Operação Spoofing, oriundas de conversas hackeadas entre integrantes da força-tarefa da Lava-Jato.

Na decisão, Lewandowski aponta que o pedido foi expedido horas antes de a ministra Rosa Weber, também do STF, suspender no último dia 30 de março o inquérito do STJ contra procuradores da Lava-Jato, “para apurar supostos constrangimentos impostos a seus integrantes por membros da Operação”.

Para deferir o pedido, o ministro argumenta ainda que não apenas o presidente Humberto Martins como os demais ministros da Corte “têm legítimo interesse em conhecer o conteúdo das referidas mensagens, em especial aquele que lhes diga respeito diretamente”.

Publicidade