Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lava-Jato paulista está na bronca com procuradores de Curitiba

Relações estremecidas por operação deflagrada

A turma da Lava-Jato em São Paulo está em pé de guerra com os procuradores de Curitiba.

A indisposição não é de hoje, mas a relação recrudesceu após a deflagração da Ad Infinitum na semana passada.

Essa operação tem como pivô o ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, apontado como operador de propina para o PSDB.

Os investigadores paulistas reclamam de não terem sido avisados da operação.

Paulo já estava cumprindo a pena em casa quando outra operação, vinda de Curitiba, foi deflagrada pedindo novamente sua prisão.

Além disso, o operador já estava com depoimento marcado para esta semana, em São Paulo.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s