Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

PF cumpre mandados de busca e apreensão e intimações a senadores

O ministro Vital do Rêgo, do TCU, também é alvo; investigação foi autorizada por Fachin

Por Evandro Éboli - Atualizado em 5 nov 2019, 10h31 - Publicado em 5 nov 2019, 08h07

Operação da Polícia Federal na manhã desta terça-feira cumpre mandatos de busca e apreensão, determinados por Edson Fachin, do STF.

São cumpridas também medidas de sequestro de bens.

A PF também entregou intimações a dois senadores – Renan Calheiros e Eduardo Braga – e ao ministro Vital do Rêgo, do Tribunal de Contas da União (TCU).

A assessoria do senador Renan Calheiros informou que hoje, às 7h32, o parlamentar recebeu o delegado da polícia federal em sua residência para entregar intimação de depoimento no inquérito 4707. O senador afirmou, segundo a nota,  que está à disposição e que é o maior interessado no esclarecimento dos fatos.

Publicidade

Eduardo Braga informou, também por nota,  de sua defesa, que recebeu nesta manhã solicitação do delegado Bernardo Amaral, da Polícia Federal, ara prestar esclarecimentos no mesmo inquérito, 4707, que corre no STF. O senador já está acertando essa data. A nota diz ainda que Braga sempre se colocou à disposição para colaborar com qualquer investigação. Diz também que não houve nenhuma medida de busca e apreensão na residência ou outro endereço do senador.

A defesa do ministro Vital do Rêgo informou que ele também recebeu nesta manhã intimação para depor nesse inquérito, “o que não configura nenhuma medida extravagante ou derivada do que alguns setores costumam chama de ‘operação’, apenas para confundir e impressionar a opinião pública”, diz a nota.

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade
Publicidade