Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Juventude do PSDB reage a Arthur Virgílio, que chamou Leite de ‘garotinho’

Nota foi assinada em conjunto com o Tucanafro, em defesa do governador do Rio Grande do Sul que disputa as prévias do partido

Por Gustavo Maia 25 nov 2021, 12h08

Em resposta às recentes declarações de Arthur Virgílio, que tem 76 anos de idade, de que o governador Eduardo Leite, de 36, é “um menino” e “um garotinho”, a Juventude Nacional do PSDB divulgou nesta quinta-feira uma nota conjunta com o Secretariado Nacional da Militância Negra do partido, o Tucanafro, para cobrar respeito à juventude.

A manifestação dos grupos tucanos defende a trajetória política de Leite, que disputa com Virgílio e com o governador João Doria as turbulentas prévias do PSDB, e diz que a Juventude da legenda “tem orgulho de ter sido a porta de entrada para ele na política”.

“O Brasil de hoje já não permite e nem acha normal que alguém seja julgado pela idade, cor da pele, gênero, credo religioso ou orientação sexual. Da mesma forma que respeitamos os seus 76 anos, gostaríamos que o ex-prefeito Arthur Virgílio (AM) respeitasse as novas gerações que estão chegando ou já ocuparam seu lugar de direito na vida política nacional, como é o caso do governador Eduardo Leite (RS)”, diz o texto, que segue com elogios ao governador gaúcho.

“Independentemente da idade que temos, sempre devemos estar abertos a aprender algo novo. Da mesma forma que nos ensinaram a respeitar os mais velhos, pedimos agora que respeitem a nossa juventude e não nos impeçam de sonhar com um Brasil melhor. Primamos por igualdade e queremos juntos combater todas as formas de discriminação”, conclui a nota.

A fala do ex-prefeito de Manaus que irritou os jovens tucanos ocorreu durante entrevista a José Luiz Datena, na Rádio Bandeirantes, na terça-feira. Na ocasião, Virgílio classificou Leite como o “mais velho menino jovem do PSDB”, além de cobrar que ele se afaste do “bolsonarizador” Aécio Neves. O governador do Rio Grande do Sul rebateu o adversário e correligionário nesta quarta, ao rechaçar o “um preconceito absurdo com a juventude”.

Continua após a publicidade

Publicidade