Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Justiça suspende pagamento de auxílio-mudança na Câmara e Senado

Cabem recursos em tribunais superiores

A Justiça Federal de Ituiutaba suspendeu o pagamento do auxílio-mudança na Câmara e Senado.

No fim do ano passado, Rodrigo Maia antecipou o pagamento de verba indenizatória para 505 parlamentares, no valor de 33,7 mil reais para cada, o que totaliza 17 milhões de reais.

Alguns parlamentares renunciaram ao recebimento do benefício, previsto originalmente para o próximo dia 31 de janeiro.

Não foi o caso de Jair Bolsonaro. O presidente foi um dos que recebeu a quantia, três dias antes de assumir o Planalto.

Com a recusa, o entendimento de Rodrigo Maia e Eunício Oliveira é de que os valores deverão ser pagos em dobro até o fim do mês corrente.

A suspensão poderá ser recorrida em tribunais superiores.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s