Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Justiça manda pagar R$ 12 milhões a credores da UniverCidade e Gama Filho

TJRJ emitiu ordem de pagamento a 3 mil funcionários do grupo educacional

Por Lucas Vettorazzo Atualizado em 7 jul 2021, 17h06 - Publicado em 7 jul 2021, 18h03

A Justiça do Trabalho da 1ª Região determinou na quinta passada que 12,9 milhões de reais pertencentes ao grupo Galileo Educacional e que estavam bloqueados em uma conta judicial fossem direcionados ao pagamento de seus credores em processo de falência iniciado em 2014. 

Os valores foram remetidos para a 7ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio, que os incorporou como patrimônio da massa falida do grupo, dono das faculdades Gama Filho e UniverCidade, que funcionaram por décadas na capital fluminense. 

As universidades começaram a apresentar problemas de insolvência no início dos anos 2010. A decretação de falência veio quatro anos mais tarde, depois que as duas instituições foram descredenciadas pelo Ministério da Educação.  Em 2016, ex-alunos da UniverCidade (FOTO) fizeram fila em frente ao prédio da faculdade em busca de documentos e diplomas que poderiam se perder no encerramento das atividades.  

No processo de reconhecimento de bens para pagar as dívidas que ficaram com o fim do negócio, a Justiça encontrou recursos do grupo bloqueados em uma conta judicial referente a um processo diferente do de falência. 

O valor de 12,9 milhões será distribuído aos cerca de 3 mil professores e ex-funcionários das duas universidades que tomaram o calote de suas verbas trabalhistas com a derrocada do grupo. 

Continua após a publicidade
Publicidade